segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Já chega...

[Texto de auto compaixão, meio lamecho-meloso e incapaz de representar a absurdidade usual neste blog]
Acho que me perdi. Perdi-me no quotidiano, na rotina e fundi-me com a minha profissão como se apenas disso se tratasse. Mudar de país, deixar tudo para trás, começar do zero, novas caras, novas responsabilidades, aquela língua, aqueles costumes. Perdi-me.

Comecei a pensar, sentir, sonhar, respirar em Espanhol. Não por o preferir ao português que me viu crescer, mas porque me perdi. O meu cérebro fazia o constante esforço de tentar traduzir tudo para seguir o raciocínio e as conversas. Acabou por arrebatar o que mais me libertava, a minha língua. Como passou isto? Como voou o tempo tão rápido? Como passaram dois anos da minha vida sem que escrevesse uma frase que fosse minha? Perdi-me dos livros, dos filmes, das séries, perdi-me de mim mesma.

Encontrava-me nas minhas viagens, nos meus fragmentos de realidade alternativa, onde sonhava, criava novos planos e ideais, onde me prometia que as coisas iam mudar. Mas como uma relação de abuso ao voltar convencia-me da ideia que aquilo é tudo e que não me sobra tempo para mais. Turnos de 14 horas e seguia, seria aquilo uma droga?

“Não podes viver cada dia a esperar as próximas férias, tens que ser tu mesma todos os dias, precisas de uma motivação diária” disse-me a mais sábia das mães. Por isso volto. Por isso peço desculpa pela ausência. Não houve despedida, não houve visitas cordiais. Havia bisbilhotice de saudade, mas a vergonha de uma saída que nem eu podia justificar impedia-me de congratular a quem continuava a partilhar a arte do bom escrever.


Perdi-me. Mas já chega. Voltei.


29 comentários:

  1. Eu esperei e aqui estou para aquele abraço que também me faz falta. Bem vinda a casa, querida.
    (Há um par de horas, estive a correr o meu feed, passei pelo Panóplia e pensei "Caramba, miúda, onde é que te meteste?". Ele há coisas...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Linda Blue e que bom é receber esse abraço =D. Ai as saudades que tinha disto!
      Obrigado por não me teres esquecido =)
      Beijo grande!!

      Eliminar
  2. Olha...
    Por enquanto ocorre-me dizer-te que foi com uma surpresa agradada que vi surgir no topo dos "blogs que leio" uma publicação tua! :)
    Welcome!
    (valendo isto o que valha vindo de mim!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale bastante digo-te já! Que ainda estivesse nos blogs que lês é aquele calorzinho no coração (voltei lamechas...ai jasus).
      Obrigado Boop!!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Obrigado Andreia =D
      Estava agora a ler o teu blog...continuas cheia de espirito poetico...gosto tanto =)

      Eliminar
    2. r: Muito obrigada *.*

      Parecia um pintainho, porque, naturalmente, a chuva só nos deu tréguas por uns minutos. Os guarda-chuvas foram todos à vida por causa do vento, sítios para nos abrigarmos eram nulos... Foi uma maravilha ahahah
      Para a próxima faço um desvio então :D

      Eliminar
  4. Benvinda de volta, senti muito a tua falta e agora da lhe gas miuda. Muito bom como sempre. Bj

    ResponderEliminar
  5. Até já te tinha apagado do blog-roll. Pronto, voltaste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai que falta de chá....mas sim voltei =P...muahaha

      Eliminar
  6. Perdido por 100, perdido por 1000, não é assim que reza a lenda?
    Por isso, às vezes compensa mais investir bem em perder a sério do que a tentar encontrar o que quer que seja ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E verdade sim senhor...mas já perdi o que tinha a perder...agora siga =D

      Eliminar
  7. isso acontece tanto a gente se perder a meio caminho!!e qdo damos por nos mts vezes ja nao sabemoscm nos encontrar.. mas ainda bem que conseguis-te

    bemvinda de volta!!

    bjos

    ResponderEliminar
  8. Alvíssaras!! Vens sempre a tempo e despedidas são sobre-valorizadas.
    Retornas com a vantagem de estares em modo Nau Catrineta - com muito que contar na língua tua-nossa-e-de-Camões. Adorei que fosses ao tasco dizer olá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já me chamaram muita coisa mas Nau é muito requinte xD.
      Obrigado Pusinko =P

      Eliminar
  9. Ainda me lembro de andarmos a combinar eu ir visitar-te a Barcelona (?) para te limpar a casa todo nu. E de repente desapareceste. No fundo foste para mim o pai que um dia sai para ir comprar tabaco e nunca mais volta. Uma espécie disso, vá.

    ¡Bienvenida chica! (Vês? Até já andava a aprender Espanhol..)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aix que boa memoria (confessa...foste ler posts antigos que não te lembravas de onde vivia xD)...agora estou em terras mais pacatas do sul mas ainda se fala portunol...
      Como pai que se foi...posso pedir uma segunda oportunidade?

      Eliminar
  10. bem-vinda, é só o que posso dizer. apanhei-te na curva ali mais para cima, como quem vê as horas , soma os dias e vê que este espaço voltou a ter vida.
    beijo,
    Mia

    ResponderEliminar
  11. Nada,
    Felizmente, o regresso. Confesso, guardava saudades de voltar cá. De ler as tuas prosas cheias. As tuas verdades e as tuas vivências, sem esquecer o humor característico.
    Perder, não raras vezes, faz parte. Regressar é sempre mais difícil, apenas até acontecer.
    Continuação! E mesmo que te percas, volta à panóplia. ;)

    ResponderEliminar
  12. Uma pessoa perder-se, faz parte.
    O importante é voltar a encontrar-se, de vez em quando. Diz que é para alinhar os chacras. E, se conseguires alinhá-los aqui no blogue, tanto melhor.

    Bem-vinda de novo! :)

    ResponderEliminar
  13. E é tão bom voltar a ler-te! Ainda bem que voltaste e gostei muito da tua passagem no meu boteco. Mais importante do que qualquer outra coisa, é que te tenhas encontrado, se for isso o que traz serenidade. :D

    ResponderEliminar
  14. Reparei num comentário teu num outro blogue e pensei "Espera lá, eu não lia/conhecia este Nada?!" E vim cá ver como andavam as modas. Ainda bem que o fiz e parece que foi em boa altura! Para não me esquecer mais, acrescentei-te à minha blogo-rotina-diária!

    ResponderEliminar
  15. Voltas-te para cá? Para aqui? Ou para Portugal? :p Estás bem? Tão bom teres voltado!!!!!!!!!!!!!!!!
    Roberta

    ResponderEliminar