segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Matei

Eu matei alguém! Matei alguém importante. Provavelmente, esse alguém, viria a ganhar um prémio Nobel, era um viajante no tempo ou a Lassie. Na minha vida passada devo ter matado alguém e devia ser um pedaço de mau caminho enquanto mulher, daquelas que quem olha directamente contrai uma doença venérea, como punição do vislumbre. Agora cá estou eu, com o nariz entupido a enfiar a floresta amazónica nariz acima, a fazer torradas na minha testa e a querer colo do corrimão da escada, porque é o que mais se assemelha a um braço, e sinto que estou a levar tampa.

Nascida do sexo feminino e sem quaisquer tréguas hormonais, até já vejo romance em filmes cujo busílis é decapitar o maior número de indivíduos no menor espaço de tempo. Depois da minha última relação, que relatada por alto parece a sinopse do Breaking Bad, acho-me merecedora de um romance digno do grande ecrã. Ora o Universo em parceria com o seu grande companheiro Karma, decidiram enviar na minha direcção toda uma panóplia de belos exemplares masculinos, muito apaixonados da vida, mas que, enfim…não! Não queria passar por mal agradecida ao Universo, quero alguém muito simples e o problema reside exactamente nisso, só me calham na rifa criaturas complexas que dá dó. Agora sei que vou ficar apeada para a eternidade com um gato manco e um nariz torto de tanto me assoar.

Querido Universo, eu não quero um homem que me diga a cada dois segundos que tem saudades minhas, pois se ausentou para ir ao urinol, não quero um homem cujo telemóvel faz mais parte do seu corpo que o seu apêndice e seria deveras importante que não me passes rasteiras com homens super interessantes que faltaram às aulas de beijos atrás do pavilhão na escola básica.


Por favor Universo. Poupa-me!

19 comentários:

  1. Ai se o atrás do pavilhão da escola falasse.......

    ResponderEliminar
  2. Nada, muito bem, grande solidariedade, em primeiro lugar no que toca ao problema nasal. depois, tudo o resto é predestinação porque, dizem: a culpa é das estrelas. tu deves ser descrente num qualquer segmento muito importante sobre as leis do universo, e agora nada a fazer. dantes havia sacrifícios; os incas, os maias, os gregos para ir mais aqui perto, aquilo era malta que não olhava a meios para agradar e evitar chatices com o universo. aprende. anda, vai mas é consultar o oráculo de bellini. lança os búzios ou consulta as vísceras de um carneiro, pois, digam o que disserem, há quem leia nas borras de café. tudo isto tem o seu quê!

    ResponderEliminar
  3. De facto, o espírito de abnegação feminino aguenta tudo. Mas não saber beijar é o maior turn off do mundo. Se não atrás do pavilhão, ao menos que tivessem tido uma disciplina de frequência obrigatória, cuja nota negativa os fizesse chumbar o ano, sem hipótese de recurso nem época especial.

    ResponderEliminar
  4. Há algumas pessoas que deviam trazer manuais de instruções de tão complexas que são. Acho que está na hora de o Universo conspirar a teu favor!

    ResponderEliminar
  5. Andas muito exigente. Cá para mim ainda vou suspender os meus/nossos planos para o Verão.
    E jamais me irias catalogar como um desses gajos que andam sempre em cima, pois, como vês, já aqui não vinha aí há.. um mês?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pra quem vem cá só limpar a casa ta muito opinativo....
      Você...pelo contrário é um baldas que troca isto pelo facebook...eu até pa manter isto tenho que cortar numa refeição ou na limpeza atrás das orelhas...não sei como consegues xD

      Eliminar
  6. Adorei o último parágrafo :)


    tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  7. Estás tão lixada, boa sorte nisso :) **

    ResponderEliminar
  8. Gostei da imagem final. É o remate portentoso para as tuas palavras. Embora, as considere úteis para putativos seres do sexo masculino que sigam depois disto, não és macia e tolerante. Antes sincera. Oferece, em sendo possível, um regresso ao passado. As traseiras do pavilhão da escola ainda devem ser o que eram. Boa sorte! :)

    ResponderEliminar
  9. La matadora! Salta-lhe o sangue castelhano misturado com catalão por todo o lado!Nada se compara a Nada! Nada agradece, Nada agasta-se, Nada lastima-se, Nada martiriza-se, Nada universaliza-se e inferniza-se com, contra, para, de, sobre, no e o Universo! Nada que me apoquente! Nada que eu conheça ou mesmo não conheça...dádivas que nos maleitam a testa, o nariz, a boca e os ouvidos bem que o universo nos poderia poupar...dádivas que nos trazem resmas para não dizer paletes de seres indiscretos, concretos mas chatos, bem que o universo nos poderia poupar...dádivas que nos trazem gasipadores de aulas de beijos atrás do liceu ou afins, bem que o Universo nos devia trazer mais, senão vejamos:
    - aqueles que nunca faltaram às aulas e mesmo assim são uns sôfregos e trôpegos mas não se ajeitam no beijo, é melhor esquecer, nunca mais vão aprender nada de Nada;
    - aqueles que nunca faltaram às aulas e chegam cheios de pormenores, ciência, filosofia, química, letras, artes de beijo, acabam por ser maçudos que levam à saturação pelo excesso de teoria e na prática, enfim...deixam muito a desejar e a suspirar que nada daquilo serve para Nada;
    Já os que nunca foram às aulas e nada sabem de Nada...ai my god, deixa-os permanecer em ti e contigo porque terás muito para lhes ensinar e demonstrar, cada dia uma coisa diferente e verás que Nada é tudo!
    Logo, não mates e faz como Xerazade nas mil e uma noites, deixa sempre algo para ensinar no dia seguinte e faz com ele tudo que te apeteça, mesmo que Nada...mas não MATES!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu jurooooo que nao mato Maria....mas já matei de certeza...que isto não tem jeito nenhummmmm!! Só tu para me fazerem rir com determinação as 4 da manhã!!! You made my day =P

      Eliminar
  10. O universo há-de conspirar a teu favor.

    ResponderEliminar
  11. Eu tive tanto azar com os homens até agora que acredito piamente que mais dia menos dia me vai aparecer um verdadeiro príncipe! É que só PODE!

    ResponderEliminar
  12. Sugiro que antes de se deixar seduzir por um "Home català i de bon aspecte" o convença a ir a uma consulta de urologia.

    ResponderEliminar
  13. E eu devo ter-te feito companhia, porque os que me aparecem a mim são ainda piores... :/
    beijinho

    ResponderEliminar
  14. Dido! Não sei qual é o raio do meu karma, mas que é estranho é! :P

    ResponderEliminar