quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Insanidade

Saber que nos tornámos num mero elemento publicitário da Tv Shop ao aderirmos a um programa de fitness caseiro, somente se torna menos destrutivo à nossa actividade cerebral quando consideramos que o Mr. T do Esquadrão Classe A agora vende frigideiras nos canais por cabo e nós ao menos não saímos da sala. Tenho sido envolta nos últimos meses por comentários de amigos e colegas de trabalho que falam do Insanity (aceito o pagamento à presente publicidade com qualquer tipo de cartão de crédito ou farófias). Este, ao que parece, é uma colectânea de vídeos de exercícios vagamente masoquistas que transforma pessoas que parecem o Oceanário em pessoas que vão ao Oceanário, lutam com os tubarões e ganham.

A título de brincadeira e, provavelmente, influenciada pelo apontar de dedo trocista de um amigo meu que alegava que o meu cepticismo era mero confronto com a ideia que já não consigo levantar ambos os pés do chão em sincronia, decidi testar para provar que não era assim tão difícil. Ora já passaram três dias do dito exercício físico e tenho a confessar que não compreendo como os seus criadores não foram presos, porque ainda não me sinto. Só fiz o “exame físico”, que são 25 minutos e desde então tudo o que deixo cair fica no chão, assumindo que essa será a sua nova casa até eu me conseguir dobrar sem fazer sons de uma orca a parir. Doem-me coisas para as quais nem tenho nome, mas que alegadamente sempre fizeram parte do meu corpo, só não eram usadas.

Deveria prosseguir com o exercício pois isto foi a prova viva que estou fora de prazo. Contudo, acho apropriado dedicar o meu tempo aos meus órgãos recentemente descobertos, que tal como filhos há muito perdidos precisam de conforto e carinho. Sorrirei com um ar compreensivo de veterano quando vir alguém a exibir os seus abdominais tonificados ou a andar à Quasímodo. 

5 comentários:

  1. Ok ok ok... melhor do que ver um comentário teu no blogue é... vir aqui ler os teus posts!!! O tempo passa, mas tu não perdes a piada.. És fabulosa! Bem vinda! E, já agora, também gostava de experimentar isso que já ando a precisar.. onde posso arranjar? Kiss kiss Meio Cheio... estou TÃO feliz por teres voltado!

    (Roberta)

    ResponderEliminar
  2. Amei, não perdeste o jeito mesmo................

    ResponderEliminar
  3. Não precisei de ler muito para perceber quem eras :)

    O Insanity parece coisa de gente doida mas com o tempo a coisa deixa de ser tão violenta. Não desistas, olha que ainda há por aí muitas partes do corpo por descobrir:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou aceitar isso como bom...e por isso obrigado...se for mau...vou ficar em negação...por isso obrigado =P
      Acho que estou a desistir porque lutar contra o vento tem sido ginástica qb por dia

      Eliminar
  4. "Andar à Quasimodo!"
    Genial, nem o Vitor Hugo se lembraria de tal!..
    :)

    ResponderEliminar